A liberdade para montar o próprio prato da maneira que quiser conquistou o paladar brasileiro há 16 anos. A história começou em um pequeno espaço de Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro, ganhou o Brasil, o mundo e o Spoleto tornou-se a maior rede de culinária italiana do país. E mais: um lugar para se passar bons momentos e experienciar um cardápio variado de massas, saladas, risottos, carnes, carpaccios e sobremesas.

O cardápio passeia por clássicos, como o Spaghetti e a Lasagna à Bolognesa e os molhos Carbonara e Alfredo, e traz receitas exclusivas desenvolvidas pelo chef Gianni Carboni, autor também das massas recheadas. O cliente pode montar o seu próprio prato escolhendo entre 18 massas (a mais nova é o Cavatappi) feitas com grano duro importado, oito molhos e 32 ingredientes (podendo selecionar até oito opções). O menu também apresenta saladas, polpettones, almôndegas, frango e sobremesas. Os pratos vão de R$ 12,90 (Spaghetti ou Cavatappi Bolognesa Clássico) a R$ 23,50 (prato da Mamma). A massa tradicional custa a partir de R$ 19,50.

Nos meses de julho e agosto, o Spoleto aproveita a estação mais fria para promover um dos pratos italianos mais apreciados pelos brasileiros: a Lasagna. Hoje saboreada com recheios variados e sempre com generosa quantidade de molho, a massa é a estrela do cardápio de inverno, no qual chega com diferentes releituras, mais recheadas e ainda mais saborosas.

O restaurante lança menu com três novas receitas, que podem ser degustadas do “jeito clássico italiano” (sem adicionar mais ingredientes) ou do “jeito Spoleto” (adicionando mais 8 ingredientes ao gosto do consumidor).

Assinadas pelo chef Gianni Carboni, as novas lasagnas chegam com preços a partir de R$ 23,90 nos sabores Bolognesa clássico (pedaços suculentos de carne), Queijo e Presunto e Ricota com espinafre (sugestão vegetariana do restaurante).

O Spoleto traz um pedaço de domingo para o dia a dia do cliente brasileiro! Como um dos pratos italianos mais tradicionais, lembro-me da minha mãe e avó preparando a lasanha à bolonhesa e aquele cheiro perfumado da carne e temperos nos atraíam para a cozinha sempre! Até hoje esse clássico da culinária italiana é uma pedida certa e saborosa. Podemos usar a imaginação e criar sempre algo diferente, principalmente brincar com os ingredientes que complementam a receita básica – conclui Carboni.

wpChatIcon